Weby shortcut
Logo Ciências da Computação
Conceito Preliminar de Curso CPC 4: atribuído pelo MEC ao Bacharelado em Ciências da Computação UFG Jataí
Logo UFG
Facebook
Twitter
YouTube
Instagram

Projeto Final de Curso

Por Renan Vinicius Aranha Atualizado em 19/11/14 09:31.

 

Manual do Projeto Final de Curso

Edição 2012/2013

 

Introdução

 

O Projeto Final de Curso faz parte do curso de Ciências da Computação, consistindo na realização de um trabalho de pesquisa versando sobre um determinado assunto na área da computação, sob orientação de um professor, desenvolvido individualmente.

A coordenação do Curso de Ciências da Computação propõe um conjunto de normas para a elaboração e apresentação do Projeto de Pesquisa e da Monografia (formatos de apresentação para o Projeto Final de Curso) e propõe, anualmente, um professor do seu corpo docente para assumir a função de Coordenador de Projeto Final de Curso.

 

 

Objetivos

 

O Projeto Final de Curso tem como objetivo prover meios para:

  • Permitir ao aluno desenvolver um projeto de maior envergadura em uma ou mais  áreas da Computação.
  • Desenvolver a capacidade criativa e estimular a originalidade, e a implementação de idéias empreendedoras.
  • Valorizar as atividades de pesquisa e as habilidades de análise e síntese dos alunos.
  • Solidificar conhecimentos científicos adquiridos durante o curso.

 

  1. O que é Projeto Final de Curso (PFC)

 

O Projeto Final de Curso é um projeto a ser desenvolvido pelo aluno, orientado por um professor, onde o aluno provará os conhecimentos que adquiriu durante o curso. É como se fosse um último e mais importante trabalho de disciplina, dividido em duas partes (teórica e prática), pois nele o aluno deverá seguir as metodologias que lhe foram ensinadas durante o curso.

Este trabalho deverá ser contemplado nas disciplinas de Projeto Final de Curso I e II. O formato usado para contemplar o PFC será a monografia.

No decorrer deste documento, onde se utiliza o termo PFC, entenda-se como as disciplinas de Projeto Final de Curso I e II.

 

 

 

 

  1. O Coordenador da Disciplina de PFC

 

O PFC possui um professor coordenador, o qual encaminha para avaliação as propostas de PFC's e controla as notas finais. Este professor coordenador não necessariamente precisa orientar os alunos matriculados em PFC.

 

  1. Os Temas para PFC

 

É importante salientar que o aluno deve escolher temas originais, procurando fugir de problemas já solucionados ou áreas relativamente bem tratadas. Em suma, não deve ser "reinventada a roda".

“O diferencial do PFC é sua contribuição científica ou mercadológica”.

Por ser um trabalho teórico, deverá apresentar o objeto de estudo, problemas relacionados a esse objeto de estudo que deseja solucionar, área e sub-área usadas na solução do problema. Desta forma surge o tema do trabalho que pode ser ou não o próprio título. Além desses itens a parte introdutória deverá conter objetivos (geral e específicos) e justificativas com um embasamento teórico (conceitos e abordagens utilizadas). A parte de desenvolvimento deve conter um quadro teórico, o estado da arte relacionado ao tema, a metodologia usada no trabalho e a contribuição (estudos de caso, análises, estudos de viabilidade, metodologias, prova de teorema e implementação de protótipos). Para finalizar o texto desse trabalho (monografia) o autor deverá apresentar os resultados obtidos, conclusões e os trabalhos futuros, além da bibliografia usada.

Para propiciar temas as seguintes áreas são contempladas pelo curso de Ciências da Computação:

1 – Engenharia de Software

2 – Banco de Dados

3 – Redes de Computadores

4 – Inteligência Artificial

5 – Computação Gráfica

6 – Sistemas de Informação

7 – Matemática Computacional

Exemplos: Novo método de análise de sistemas; Estudo sobre ferramentas de ERP aplicadas ao setor educacional; Nova metodologia para modelagem de web sites; Uso  da Realidade Virtual para construção de um software educacional, etc.

 

  1. O Professor-Orientador

 

O professor-orientador tem a função de ajudar o aluno no direcionamento do seu PFC, sem, entretanto, desenvolver partes deste trabalho para o aluno. O orientador apenas sugere caminhos que o aluno deverá seguir, acompanha seu trabalho, motivando o aluno e corrigindo eventuais erros.

O aluno deverá definir o seu orientador até a segunda semana de aula da disciplina de Projeto Final de Curso I. Caso isto não aconteça, o orientador será sugerido pela coordenação de PFC.

O aluno deverá apresentar, assinado pelo professor orientador, o documento de aceite de orientação (anexo I), onde já serão especificados o nome do professor orientador, provável tema do trabalho e o horário das reuniões de orientação.

Até a terceira semana de aula, o aluno deverá apresentar a proposta (anexo II) ao coordenador de PFC, já apreciada previamente pelo seu orientador.

O orientador deve ser um professor da Coordenação do Curso de Ciências da Computação e que conheça bem a área na qual se inclui o tema do PFC. Pode haver um co-orientador para PFC's que envolvam outras áreas (Educação, Engenharia, Comunicação, ...).

O orientador e seu aluno deverão fazer uma reunião semanal com duração de uma hora, para que o desenvolvimento do PFC seja acompanhado. A cada reunião deverá ser preenchido o Formulário de Acompanhamento das Atividades (Anexo VII), onde constarão as tarefas solicitadas pelo orientador e o andamento das mesmas. Este formulário servirá, dentre outras coisas, para embasar o parecer do orientador de que o aluno não tem condições para ir à banca por não cumprir as tarefas solicitadas.

 O aluno que não comparecer às reuniões marcadas com seu orientador será automaticamente reprovado por falta.

O professor-orientador tem a responsabilidade de avaliar se o aluno tem condições de apresentar seu trabalho perante a banca.

Antes de o aluno ir para a banca, o seu orientador, juntamente com o coordenador de PFC, avaliarão o Formulário de Acompanhamento das Atividades (anexo VII), para verificar se o aluno cumpriu as tarefas programadas, e, portanto, se tem condições de apresentar-se perante a banca. O aluno que não apresentar este formulário preenchido, automaticamente estará reprovado.

 

  1. Encontros Semanais (Aulas)

 

Os alunos matriculados na disciplina de Projeto Final de Curso deverão comparecer semanalmente nas aulas da disciplina de PFC. Esses encontros propiciarão ao aluno conhecer o processo de condução de uma pesquisa desde a construção de um Projeto de Pesquisa (Projeto Final de Curso I) até a Monografia (Projeto Final de Curso II).

 

  1. Estrutura do Trabalho

 

O aluno deverá elaborar seu trabalho sempre respeitando os critérios da metodologia científica de acordo com as normas vigentes da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). Para tanto, na primeira etapa (1º semestre – Projeto Final de Curso I) sugere-se o formato de Projeto de Pesquisa que deverá possuir a seguinte estrutura:

-          Capa.

-          Folha do rosto.

-          Introdução (objeto de estudo, problema, área, tema, objetivos, justificativas e hipóteses).

-          Quadro Teórico/Referencial Teórico.

-          Metodologia.

-          Cronograma.

-          Bibliografia.

 

Na segunda fase (2º semestre – Projeto Final de Curso II), a estrutura de monografia será utilizada devendo ser elaborada individualmente, assim como o Projeto de Pesquisa anterior que a deu origem.

Sugere-se como estrutura da Monografia:

-          Capa.

-          Folha de rosto.

-          Folha de aprovação.

-          Dedicatória.

-          Agradecimentos (opcional).

-          Resumo.

-          Abstract (resumo em inglês).

-          Lista de figuras.

-          Lista de tabelas.

-          Lista de abreviaturas.

-          Sumário (índice).

-          Introdução (apresentando o contexto do trabalho).

-          Capítulos (Quadro Teórico, Estado da Arte, Metodologia, Arquitetura, Implementação, Funcionamento, Resultados).

-          Conclusão (incluindo trabalhos futuros).

-          Referências bibliográficas.

-          Anexos (opcionais).

-          Apêndices (opcionais).

Deve-se sempre prezar pela clareza dos textos, pela organização dos conteúdos e pelo correto uso da língua escrita, não só para entendimento por quem irá ler a monografia, mas também porque estes itens serão avaliados e influenciarão a nota final.

 

  1. A apresentação do PFC

 

Todos os trabalhos (PFC I e PFC II) deverão ser apresentados quatro vezes no semestre, duas para os pares (alunos do curso), sendo uma no primeiro semestre, no desenvolvimento do Projeto de Pesquisa e outra no segundo semestre, no desenvolvimento da monografia, por ocasião do seminário coordenado pelas disciplinas de PFC, e outras duas no final de cada semestre, na apresentação final para banca examinadora, onde o aluno defenderá primeiramente sua proposta (Projeto de Pesquisa) e depois seu trabalho final (Monografia).

Esta apresentação deverá ter, necessariamente, uma parte oral (20 minutos para Projeto de Pesquisa e 30 minutos para Monografia), onde o aluno explanará sobre o assunto e a motivação para desenvolvimento do trabalho. Em caso de protótipos, o aluno deverá também na parte oral resumir as principais funções do sistema, o modo como será usado e os seus benefícios.

Para esta apresentação oral, o aluno deverá preparar o que irá falar e utilizar meios didáticos (projetor multimídia, software de apresentação, etc.), levando em consideração o tempo de exposição. No caso de implementações, o produto poderá ser apresentado em máquina, o software final.

Após a apresentação do aluno, os membros da banca examinadora poderão fazer questionamentos ao mesmo acerca do trabalho apresentado (motivação, conceitos, proposta, implementação, métodos utilizados, etc.).

A reserva do local e recursos necessários à defesa (apresentação) de PFC é de responsabilidade da coordenação do PFC, o professor orientador irá presidir a defesa e todos os encaminhamentos no local serão responsabilidades do mesmo.

Por fim, as apresentações dos PFC's são abertas ao público interessado.

 

  1.  A Banca Examinadora

 

A banca examinadora do PFC deverá ser composta por, no mínimo, 3 professores, sendo um deles o orientador do trabalho. Se houver co-orientação, este pode substituir o orientador na banca ou participar conjuntamente.

A banca examinadora para Projeto de Pesquisa terá uma preocupação maior com a motivação e proposta apresentada pelo aluno.

Os membros da banca examinadora poderão sugerir (aprovação) ou solicitar (aprovação com restrições) alterações no trabalho (parte escrita ou implementação) e estas deverão ser feitas até 20 dias depois da apresentação (ver data limite no item 12), supervisionadas pelo professor-orientador, para constar no(s) volume(s) final(is) do PFC, que ficará à disposição em um local destinado para tal. A banca de Projeto de Pesquisa apenas aprovará ou reprovará o aluno.

Os volumes finais deverão ser entregues em CD convertidos para o formato PDF, e só serão aceitos pela coordenação de PFC se tiverem a assinatura do professor orientador, indicando sua concordância com o conteúdo do mesmo, conforme a Declaração contida no anexo V.

 

  1.  A Nota Final

 

Para ser aprovado em cada uma das disciplinas de PFC, o aluno deverá obter, no mínimo, grau 6 (seis) em cada uma delas. Este grau será composto pela média aritmética das avaliações dos membros da banca examinadora.

Os quesitos a serem avaliados serão apresentados aos alunos professores sempre no início de cada semestre letivo do Projeto Final de Curso I e estão nos anexos deste documento.

 

  1.  Seminário de Andamento

 

Durante o semestre será realizado um Seminário de Andamento dos PFC’s, com o intuito de fazer uma pré-avaliação das condições que o aluno tem para apresentar seu trabalho perante a banca examinadora, e também, de proporcionar ao aluno uma oportunidade de passar pela experiência de apresentar seu trabalho em público.

As datas e as condições em que ocorrerá o seminário serão divulgadas no decorrer do semestre.

 

  1.  Sugestões

 

Sugere-se aos professores orientadores e alunos que o trabalho seja sempre apresentado à outros instrumentos de avaliação, como congressos e periódicos, criando um maior respaldo quando da apresentação em banca.

Sugere-se também que o trabalho possa ser desenvolvido independentemente da matrícula do aluno à disciplina de Projeto Final de Curso, adiantando e facilitando o trabalho quando o mesmo se matricular oficialmente na disciplina.

Também sugere-se que o aluno elabore com seriedade o cronograma a ser apresentado na proposta de PFC e que siga este cronograma. É interessante também deixar uma folga no cronograma para eventuais problemas que possam surgir no decorrer do desenvolvimento do PFC.

Listar Todas Voltar