Weby shortcut 1a5a9004da81162f034eff2fc7a06c396dfddb022021fd13958735cc25a4882f
Logo Ciências da Computação
Conceito Preliminar de Curso CPC 4: atribuído pelo MEC ao Bacharelado em Ciências da Computação UFG Jataí
Logo UFG
Facebook
Twitter
YouTube
Instagram
logo-ufg-horizontal

Perfil do Curso

Por Renan Vinicius Aranha. Criada em 29/04/12 23:11. Atualizada em 13/09/12 01:10.

 Saiba mais sobre o perfil profissional do aluno egresso.

O Curso de Bacharelado em Ciências da Computação ofertado pela Universidade Federal de Goiás em seu Câmpus Jataí formará um profissional com sólidos conhecimentos científicos e tecnológicos no campo da Computação e da Informática, bem como dotado de consciência humana, política e ética, com espírito crítico para a identificação de problemas e proposição de soluções criativas. Sua formação o afiançará a enfrentar as frequentes modificações tecnológicas, caracterizadas pelo dinamismo apresentado pela área.

Perfil do Egresso

O egresso pode também atuar como um agente transformador do mercado aplicando ou propondo novas tecnologias, aperfeiçoando as já existentes, desenvolvendo projetos na área de Computação e Informática, bem como atuando em cargos de gerência ou de consultoria. Pode, inclusive, alçar cargos de diretoria e/ou gerência de Informática em organizações.

Em especial, em decorrência de características locais (município de Jataí) e regionais (Estado de Goiás e região Centro-Oeste), poderá o egresso atuar como ativo partícipe do processo de aceleração e aperfeiçoamento do nível de informatização vivido pelo setor agroindustrial, e seus suplementares, vinculando-se a alguma das diversas empresas de porte nacional que atuam na região. 

O egresso do Curso de BCC pode, alternativamente, prosseguir em sua vida acadêmica ingressando em programas de pós-graduação, seja especialização, mestrado ou doutorado, ofertado no país ou no exterior.  Em face de formação em programas de pós-graduação, o egresso pode vir a atuar como docente em cursos ofertados por Instituições de Ensino Superior localizadas em qualquer unidade federativa do país.

Para isso, o curso assegura aos egressos uma sólida formação, que os possibilitem desenvolver as seguintes habilidades e competências:

Habilidades do egresso

  • Raciocínio lógico;
  • Capacidade de abstração;
  • Capacidade para identificar, analisar, projetar, implementar e validar soluções de problemas;
  • Capacidade de comunicação oral e escrita;
  • Autodidaxia, ou seja, capacidade de aprender a aprender;
  • Adaptabilidade crítica ao novo, ou seja, capacidade que possibilita ao acadêmico acompanhar a evolução tecnológica da computação;
  • Criatividade para inovar nas soluções de problemas e influenciar no estado da arte da área;
  • Capacidade de síntese, de avaliação crítica e de análise;
  • Capacidade de exercer liderança e de trabalhar em equipe, inclusive multidisciplinares;
  • Atuação ética;
  • Atuação profissional e socialmente responsável;
  • Postura empreendedora;
  • Identificar áreas de aplicações de sistemas computacionais;
  • Conhecer e aplicar fundamentos científicos e tecnológicos relacionados à área de computação visando à resolução de problemas;
  • Planejar, desenvolver e gerir projetos visando à construção de soluções com base científica e tecnológica, integrando conhecimentos teóricos e práticos, em software e em hardware, adquiridos ao longo de sua formação;
  • Modelar e especificar soluções computacionais que atendam às necessidades básicas de grupos (sociais ou individuais);
  • Definir critérios para seleção de software e hardware;
  • Definir soluções para a realização de comunicações entre sistemas distintos (interoperabilidade);
  • Identificar práticas apropriadas em um contexto ético, legal e profissional;
  • Construir sistemas confiáveis, disponíveis, corretos, seguros, escalonáveis, persistentes e ubíquos;
  • Conhecer os limites da computação e da automação;
  • Dirigir e/ou gerenciar equipes específicas ou multidisciplinares com vistas a cumprimento de objetivos previamente definidos;
  • Elaborar laudos técnicos ou científicos vinculados à sua área de atuação;
  • Prospectar novas oportunidades para a aplicação e desenvolvimento de sistemas computacionais.

Em termos gerais, o egresso do curso poderá atuar profissionalmente em quaisquer atividades correlatas, ou afins, à Computação e Informática, pois o curso possibilita ao acadêmico o desenvolvimento de sua autonomia cognitiva, de pensar por ele próprio, de buscar, de explorar com ética e senso crítico com suas próprias habilidades intelectuais, criativas e empreendedoras na sua intervenção profissional dentro da sociedade.

Listar Todas Voltar